Vazamentos em eletrodomésticos: entenda quais os riscos e como melhorar a qualidade de seus produtos

Nenhum fabricante de eletrodomésticos quer a sua marca atrelada a reclamações frequentes ou mesmo a um acidente mais sério por conta da falta de qualidade e da segurança adequada de seus produtos, concorda?

Logo, os cuidados e procedimentos preventivos devem começar ainda no processo de fabricação. E uma das formas de melhorar a reputação e garantir mais confiança é por meio da realização de testes de vazamentos em eletrodomésticos.

Sendo assim, sem grandes delongas, vamos direto aos pontos e dicas sobre a importância desse procedimento e como realizá-lo na prática.

Boa leitura!

 

Quais os riscos de vazamentos em eletrodomésticos?

 

Assim como qualquer outro tipo de equipamento, os eletrodomésticos podem vazar e, consequentemente, isso pode gerar maiores problemas à sua marca, desde simples reclamações, até mesmo acidentes.

Por exemplo, de um pequeno liquidificador até uma máquina de lavar, há elementos responsáveis por armazenar e conduzir líquidos e gases durante seu funcionamento. E caso esses compartimentos não sejam devidamente vedados ou não aguentem a pressão enquanto funcionam, podem ocorrer vazamentos e gerar prejuízos ao proprietário.

E para exemplificar melhor tudo isso, separamos alguns riscos atrelados aos vazamentos em eletrodomésticos:

 

Defeitos e perdas 

Conforme explicado acima, um simples vazamento no eletrodoméstico pode gerar perdas ou defeitos ao equipamento, que poderia ser facilmente evitado com um teste de estanqueidade durante a sua fabricação.

 

Acidentes 

Ainda mais sério, os vazamentos em eletrodomésticos podem ocasionar acidentes e colocar o usuário e a sua família em risco, como escorregões, contaminações, incêndios, explosões, curto circuitos etc.

Além disso, um simples vazamento pode trazer prejuízos ao proprietário do eletrodoméstico, como perda de produtos, manchas em tecidos, desperdícios de materiais, necessidades de limpeza e etc.

 

Prejuízos e processos para o fabricante 

Por fim, é preciso entender que um vazamento no eletrodoméstico vai muito além da insatisfação e reclamação do proprietário. 

Em outras palavras, um incidente assim pode gerar prejuízos significativos à reputação de sua marca no mercado e até mesmo processos judiciais.

 

Como evitar esses riscos e melhorar a qualidade de seus produtos? 

 

Como bem destacado, os cuidados e boas práticas que visam garantir a qualidade e a segurança dos eletrodomésticos devem começar no processo de fabricação dos mesmos.

E ao que se refere a vazamentos, a realização de testes de estanqueidade é fator imprescindível em qualquer fábrica.

Na prática, todos os sistemas de passagem de líquidos e gases são submetidos a diferentes testes de vedação e resistência, possibilitando assim que o fabricante identifique possíveis riscos de vazamentos e evite que o produto chegue às prateleiras com baixa qualidade e segurança ao consumidor.

Enfim, essas são algumas dicas essenciais sobre a importância dos testes de estanqueidade na indústria de eletrodomésticos e como simples vazamentos nos equipamentos podem gerar reclamações e problemas mais sérios à empresa.

E se você quer saber mais sobre o tema e conhecer na prática os tipos de testes para vazamentos em eletrodomésticos, agende uma conversa com nossos especialistas e conheça as soluções oferecidas pela Tex!

(Imagem: divulgação)

Gostou? Compartilhe!

LinkedIn
Facebook
WhatsApp

ARTIGOS RECENTES

FCE Pharma 2024: TEX apresenta soluções para hermeticidade de embalagens e frascos farmacêuticos!
Testes de estanqueidade no setor automotivo: quais são e por que devem ser feitos
Vazamentos em eletrodomésticos: entenda quais os riscos e como melhorar a qualidade de seus produtos
Conheça os produtos que podem ser testados pela TEX
Testes de hermeticidade ajudam a reduzir desperdícios